Monitore o desempenho para alcançar os melhores resultados

Uma empresa com indicadores de desempenho bem definidos consegue mensurar melhor as suas ações e até alcançar melhores resultados. Para isso, é preciso realizar um planejamento estratégico prático, com foco em resultados.

A dica é revisar suas despesas, analisar todos os seus processos e envolver a sua equipe para que juntos consigam alcançar maiores índices de lucratividade.

Com o monitoramento desses dados, a tomada de decisão e a criação de ações de melhoria da empresa ficam muito mais assertivas.

Trabalho híbrido: uma tendência que veio para ficar

Passado mais de um ano de pandemia, o trabalho híbrido se apresenta como uma forte tendência no mundo corporativo. Esse modelo que alterna na semana entre dias no escritório e dias em home office tem se mostrado vantajoso para as empresas: o escritório físico pode ser agora em um espaço menor e mais barato, por exemplo. Mas para esse sistema dar certo, é preciso entrar de cabeça em uma nova mentalidade.

As empresas agora necessitam desenvolver uma liderança que esteja aberta a testar novas possibilidades de comunicação e colaboração. Também é indispensável oferecer às equipes condições tecnológicas para que trabalhem com eficiência em diferentes lugares. Por isso, vale destacar: mais do que nunca a gestão será peça fundamental para organizar esses novos modelos de trabalho.

Conte pra gente, deixe aqui nos comentários: qual o modelo de trabalho que a sua empresa está adotando?

3 livros sobre estratégia que você precisa ler

Que tal ampliar os conhecimentos a partir da experiência de especialistas? A Merkator separou 3 sugestões de livros sobre estratégia para que você possa potencializar o seu negócio.

1: “Marketing 4.0 – Do tradicional ao digital”, de Philip Kotler
O livro ajuda a entender os caminhos do consumidor na era digital e como adotar um conjunto novo de métricas e práticas de marketing.

2: “A estratégia do Oceano Azul”, de W. Chan Kim e Renée Mauborgne
Propõe um novo modelo para elaborar estratégias, onde o foco não está em disputar com os atuais competidores, mas sim em criar novos mercados.

3: “Estratégia Competitiva – Técnicas Para Análise de Indústrias e da Concorrência”, de Michael Porter
Analisa a complexidade da competição na indústria e oferece uma nova perspectiva em relação a como o lucro é criado e dividido.

E se você tiver alguma outra indicação de leitura, conta aqui pra gente!

Conhecer o cliente é fundamental para o sucesso do seu negócio

Um dos grandes desafios do empreendedor é conhecer bem o seu cliente, uma estratégia fundamental para alcançar bons resultados para o seu negócio. No entanto, esse consumidor está em constante mudança, por isso desvendá-lo exige flexibilidade. É aí que entra o bom relacionamento: entender quais são as características do seu público, preferências, hábitos, motivações e desejos. É um processo contínuo de escuta e pesquisa. As mídias sociais também se tornaram um ótimo canal de comunicação e podem ser utilizadas para captação de novos e potenciais clientes.

Atualize os dados dos seus clientes periodicamente para que você possa acompanhar a evolução do seu consumidor. Esteja atento aos padrões de comportamento do seu público, mas sempre com um olhar sensível para a diversidade. Por fim, conhecer os concorrentes que oferecem produtos ou serviços semelhantes aos seus também ajuda a compreender os seus próprios e potenciais clientes. Com essas medidas, você consegue ser mais assertivo na sua entrega e conquista melhores resultados.

6 dicas de controles financeiros básicos

Controles financeiros são essenciais para a gestão do capital de giro da sua empresa, por isso é tão importante realizar um acompanhamento diário. Com as finanças em dia, você tem mais tranquilidade para fazer novos investimentos e melhorias. Se você está começando a empreender, a Merkator separou 6 rotinas básicas que vão te ajudar a garantir a boa saúde financeira do seu negócio.

1. Controle diário de caixa
Registra todas as entradas e saídas de dinheiro, além de apurar o saldo existente no caixa.

2. Controle diário de vendas
Esse controle ajuda o empresário a tomar decisões diárias para que as metas sejam alcançadas.

3. Controle de contas a receber
Ajuda a estimar os valores que serão recebidos e acompanha possíveis atrasos de clientes.

4. Controle de contas a pagar
Auxilia na organização para que você não perca o prazo de pagamento de nenhum dos seus compromissos financeiros.

5. Controle de estoques
Evita desvios, fornece informações para reposição dos produtos vendidos e ainda facilita uma possível redução dos produtos parados no estoque.

6: Controle bancário
Acompanha os registros da empresa e os lançamentos gerados pelo banco, além de gerar informações sobre os saldos bancários existentes.

Com esses passos fica mais fácil administrar o capital de giro de maneira eficiente, evitando dores de cabeça com problemas financeiros.

Uma solução para colocar o seu negócio nos trilhos

A consultoria empresarial é uma solução que serve para qualquer tipo de negócio. Independente do porte da empresa, sempre existem pontos e oportunidades para evoluir na gestão.

Diagnosticar problemas, reestruturar processos, planejar um crescimento sustentável ou estudar a viabilidade de novos projetos são alguns dos serviços que uma consultoria pode oferecer para auxiliar o empreendedor a melhorar sua gestão. Busque uma orientação especializada para promover o desenvolvimento da sua empresa.

Influenciadores digitais geram resultados para a sua marca

O trabalho com influenciadores digitais já é uma estratégia bastante utilizada pelas marcas, mas nem sempre a escolha tem o retorno esperado. É nessa hora que entra o planejamento. A Merkator te dá 4 dicas para você acertar o seu alvo:

1. Defina os objetivos da sua marca
É preciso ter em mente quais são os objetivos que você quer alcançar com a sua marca pensando em quais conteúdos deseja gerar.

2. Pesquisa de influenciadores
É interessante que o público-alvo do influenciador seja parecido com o público do seu negócio, mas nem sempre isso é uma regra. Faça um levantamento dos influenciadores “top voices” do seu seguimento, liste aqueles que são referência na área e que sejam reconhecidos por produzirem conteúdos de credibilidade.

3. O que importa é o engajamento
Número de seguidores não significa bons resultados. Foque em um influenciador que tenha alto potencial de engajamento, essa sim é a métrica que realmente importa. Observe se os conteúdos dele geram comentários e compartilhamentos, se impactam de verdade o público.

4. Concentre-se no conteúdo
O influenciador precisa entregar um conteúdo que tenha relevância. Não é só publicar: é preciso ter valor no que está comunicando, fazer a diferença e impactar positivamente a audiência para gerar conversa.

Lembre-se: quando você fecha uma parceria com um influenciador, a sua marca estará relacionada com aquela pessoa, por isso é importante conhecer a trajetória e os posicionamentos dele. E mesmo depois da ação, continue produzindo conteúdos interessantes para a sua página para que a audiência perceba valor na sua marca ou produto e não vá embora.

Atenção: 10 dias para o Natal. Estratégias prontas?

O Natal é uma grande época para as vendas. E, depois desse ano tão desafiador, é preciso traçar uma estratégia bem focada para o varejo terminar 2020 com brilho. Insira no seu planejamento criatividade, afinal, essa é a chave para encontrar soluções.

Conte histórias natalinas através da venda, pense nas experiências, físicas e digitais, que as pessoas amam e invista em uma estratégia envolvente que ultrapasse o desconto habitual. A COVID19 mostrou o significado das coisas e o real valor do consumo. Ou seja, muitas mentes mudaram e o seu cliente quer comprar algo que faça sentido, que toque seu coração. Então, vai um lembrete: no Natal, emocione e surpreenda sempre. A pulguinha atrás da orelha compensa!

Timing para saber o momento certo, flexibilidade para repensar a estratégia da empresa

O dinamismo do mercado tem ficado cada vez mais maleável, mudando as velas do negócio rapidamente. E quem está nele, precisa se adaptar de forma ágil aos fatores políticos, econômicos, tecnólogicos e sociais que proporcionam essas mudanças. Agora com as marcas imersas no universo digital, essas atualizações são crônicas, pois sempre há uma novidade e alguma ação a ser buscada.

Por isso, é necessário que a empresa esteja sempre aberta para repensar sua estratégia, de olho no que acontece lá fora. A inquietação precisa ser fortificada diariamente com questionamentos: este é o caminho certo? A missão está sendo cumprida? Quais medidas são necessárias para corrigir os rumos do negócio? O que os consumidores sentem e o que precisam?

A organização interna deve estar bem estabelecidade porque o planejamento pode ser alterado. E o timing na era digital é fundamental.

Lista de contato = venda mais direta

Tenha isso em mente: a lista de contato é só sua. Assim, você não depende de redes sociais ou anúncios, é um canal direto com seu potencial cliente. E essa é a melhor forma de aproximação, atraindo-o para uma compra. Quando se tem uma lista, e-mail e telefone, há 5x mais chances de o consumidor receber sua mensagem, se interessar e investir.

Estes leads são essenciais para você também segmentar o público, definindo o melhor produto que efetivará uma venda. Por isso, peça sempre os dados completos como nome, profissão, onde mora, alguma informação familiar e, claro, o contato.

Os dados coletados com certeza são uma munição incrível para o negócio. Além de ofertar seus produtos, serve também para manter um relacionamento próximo, enviando conteúdos relevantes, em especial nessa época em que se fala tanto de bem-estar e saúde. Comece a coletar contatos e crie um canal direto com seu público.