05 dicas para quem pretende começar a empreender

Muitos brasileiros sonham em começar seu próprio empreendimento, porém devido a falta de conhecimento as barreiras podem aparecer logo de cara. É muito importante se preparar bem antes mesmo de começar e criar um planejamento, pensando nisso a #Merkator separou 5 dicas para você dar o start em seu negócio da maneira certa.

 

01. Estude o mercado e seus concorrentes

 

Antes de começar a empreender, é importante entender a situação atual do segmento em que você pretende atuar. Faça um levantamento de concorrentes, as tendências do mercado e o que está em alta, estudar esses pontos deixará você pronto para enfrentar desafios e se adaptar.

 

02. Defina bem seu público

Para fazer o seu negócio crescer, conquistar o cliente é essencial. Para isso, é importante definir quem é seu público e como ele vai se relacionar com seu produto. Entender as dores de cada um, seu dia a dia e objetivos para que seu produto se encaixe às necessidades do consumidor.

 

 

03. Saiba gerenciar seu tempo

 

Começar um negócio significa uma alteração em sua rotina. É importante a definição de horários para a otimização do seu tempo. Criar listas e uma organização a longa data pode auxiliar muito no processo.

 

04. Controle suas finanças

 

Evite gastos desnecessários, focando em seu negócio. Não misture finanças pessoais e profissionais e caso seja possível contrate o serviço de uma empresa especializada. Além de contar com especialistas, você ganha mais tempo para focar em seu negócio.

05. Sempre busque conhecimento

 

 

Procurar cursos, livros ou qualquer outra fonte de conhecimento vão agregar muito para o seu crescimento profissional. Frequentar eventos podem ajudar em sua jornada, conhecendo a história de outros empreendedores e trocando conhecimentos.

Ficou com mais alguma dúvida? Teria mais alguma dica? Deixe seu comentário!

Números apontam o crescimento do setor calçadista em 2021

O ano de 2021 trouxe o otimismo de volta para o setor calçadista, com a exportação alcançando o volume do mesmo período de 2019. A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, a Abicalçados, fez um levantamento apontando que em agosto deste ano foram exportados 9,3 milhões de pares, gerando 78 milhões de dólares, uma alta de 28,2% em volume e 34% em receita comparado a agosto de 2020.

O grande responsável por puxar esse processo de recuperação do mercado internacional foi os Estados Unidos, sendo o principal destino do calçado brasileiro fora do país. A recuperação total é possível e os números são animadores quando comparados ao mesmo período do ano passado. 

Esse ano se traduziu em tempo de renovar as esperanças e, com o avanço no enfrentamento da pandemia, o cenário vai se tornando cada vez mais animador para o setor calçadista e para o varejo. Com a vacinação em massa e a proteção da população, as vendas tendem a crescer pelo mundo inteiro, fazendo a roda girar e os negócios crescerem.

A Merkator quer saber: o que 2021 trouxe para o seu negócio até aqui?

Saiba como usar a primavera a favor do seu negócio

A primavera começa oficialmente hoje, trazendo dias mais floridos, ensolarados e um clima ameno. Para o varejo, a estação significa também o aumento do movimento e das vendas com a procura de novidades.

Para isso, é muito importante se manter atento às tendências da primavera na hora de compor um mix de produtos, as estações mais quentes do ano costumam trazer tons mais claros, oferecendo equilíbrio e energia na composição. 

Vamos falar de cores? Tudo indica que o tom magenta vai dominar a Primavera/Verão 2021, junto à cor de azeite, que foi destaque durante o ano inteiro devido ao seu tom esverdeado associado ao minimalismo moderno. 

Conte para a Merkator como você preparou seu negócio para a chegada da primavera aqui nos comentários.

Conheça o método de Metas Smart

A definição de metas é uma etapa essencial para o sucesso de qualquer negócio. Saber onde a empresa quer chegar permite o alinhamento para que todos objetivos sejam alcançados. Na hora de otimizar processos e estruturar seu planejamento, as metas SMART podem contribuir muito.

SMART é um acrônimo para :

  • S – specific (específica):

Um objetivo precisa ser específico. Ter uma visão geral e vaga do que você quer executar provavelmente vai te afastar da execução de fato. Foque nos detalhes, eles farão a diferença durante seu planejamento!

  • M – measurable (mensurável):

Um objetivo mensurável é aquele que você consegue avaliar seus resultados e entender se eles foram atingidos com sucesso. Sempre opte por objetivos que possam ser medidos.

  • A – attainable (atingível):

Esse objetivo está alinhado com a realidade do seu negócio?É preciso calcular o que é expectativa e o que é alcançável, sendo importante fazer apenas o que você conseguir. Se algo está além da sua realidade, talvez seja melhor rever os objetivos.

  • R – realistic (realista):

Seja realista e consciente, faça tudo adequado a sua realidade atual! Definir objetivos que fogem do seu alcance os  tornarão impossíveis de ser alcançados. Não deixe de sonhar, mas mantenha os pés no chão.

  • T – time based (temporal).

Sem data, sem entrega. A definição de prazos é importante para que tudo seja cumprido no tempo certo. Faça um bom planejamento e tente ser o mais específico possível para otimizar o tempo.

Ao aplicar esses conceitos ao escopo do seu negócio, as metas SMART oferecerão as informações necessárias para a criação de estratégias, deixando os caminhos para alcançar as metas gerais mais claros para todos. Esse método pode ser adaptado e aplicado em diversos setores de um negócio, de maneira simples e prática. 

Marketplaces: uma nova oportunidade para empreender no mercado da moda

O mercado da moda sempre foi um segmento forte, mas se tornou ainda maior com o e-commerce direto ao consumidor (B2C). Ele cresce, em média, 11,4% ao ano e a expectativa de faturamento para 2025 é de 1 trilhão de dólares. O cenário promissor é sempre um ambiente rico para novidades e boas oportunidades.

O marketplace é um dos modelos de negócio que revolucionou o comércio eletrônico, por meio de plataformas que conectam diferentes lojistas e clientes. Segundo a pesquisa UPS Pulse of the Online Shopper, 95% dos consumidores brasileiros já utilizaram um marketplace para fazer compras online. Já o cenário de moda, no Brasil, conta com mais de 1,5 milhões de varejistas, em um mercado que fatura R$ 229 bilhões de reais e com uma alta aceitação de consumidores digitais. Ou seja, é um casamento perfeito.

O marketplace se torna uma estratégia com muito potencial e se apresenta como excelente oportunidade para os empreendedores ampliarem sua presença digital e venderem mais.

E a sua marca, onde ela está? 

Você tem focado no seu desenvolvimento?

Tudo o que você ouve, assiste ou lê todos os dias pode ser usado no desenvolvimento pessoal e profissional.  Você pode apostar em aliar entretenimento e conhecimento para otimizar seu tempo, como uma maneira de absorver novos conteúdos. Confira algumas boas dicas que #Merkator separou.

Livros

  • O poder do hábito
  • Pai rico pai pobre
  • Rápido e devagar
  • Geração de valor
  • Os segredos da mente milionária

Filmes

  • Jobs
  • A teoria de tudo
  • A rede social
  • A onda
  • À procura da felicidade

Podcasts

  • Braincast
  • GVCast
  • TED Talks Negócios
  • Like a Boss
  • Guncast

Documentários

  • O código Bill Gates
  • The Startup kids
  • Ted talks: life hacks
  • inside: Lego
  • Chefs Table

 Gostou ou tem outras sugestões? Deixa nos comentários! 

Qual o futuro do varejo?

Com a pandemia, foi preciso se reinventar e adotar ainda mais os meios digitais. Agora, com o avanço da vacinação, especialistas apontam que  futuro do varejo está na união do digital com o presencial.

A junção desses  meios pode proporcionar uma experiência ainda melhor para os consumidores. Isso porque o número de possibilidades quando o assunto é vendas torna-se ainda maior.

O que você acha disso? Diga nos comentários!  #Merkator