O empreendedorismo ganha força entre os jovens brasileiros.

O empreendedorismo brasileiro ganhou força nos últimos tempos. Entre janeiro e abril deste ano, 1 milhão de pequenas e micro empresas foram abertas no país. E um levantamento realizado pela Globo chama atenção: 24% dos jovens das classes A, B e C com até 30 anos já são empreendedores e 60% querem ter um negócio próprio no futuro. Autonomia no trabalho, independência financeira e a vontade de oferecer um produto/serviço inovador no mercado são os desejos dessa parcela significativa da juventude.

Abrir um negócio é sempre um grande desafio, por isso, para quem está começando é importante realizar um plano de negócios, com metas estratégicas e financeiras. Procurar orientação especializada é sempre uma boa pedida.

Eventos híbridos apontam para o futuro

Com um cenário de pandemia que ainda exige cuidados, o setor de feiras e eventos de negócios vem passando por transformações desde o ano passado. Algumas tendências para o futuro dos eventos offline já podem ser apontadas e uma delas é o formato híbrido. Com a vacina em desenvolvimento, essa alternativa indica um bom caminho: parte dos participantes pode estar presente, enquanto outra parcela pode acompanhar online de onde quiser.

Essa modalidade híbrida permite um número maior de participantes ao mesmo tempo que reduz os custos com infraestrutura para a realização do evento, evitando aglomerações.

Com protocolos de segurança no presencial e com mais dinamismo no online: você acredita que essa experiência híbrida pode se tornar uma vantagem competitiva no mercado de eventos? Conta pra gente aqui nos comentários!

Trabalho híbrido: uma tendência que veio para ficar

Passado mais de um ano de pandemia, o trabalho híbrido se apresenta como uma forte tendência no mundo corporativo. Esse modelo que alterna na semana entre dias no escritório e dias em home office tem se mostrado vantajoso para as empresas: o escritório físico pode ser agora em um espaço menor e mais barato, por exemplo. Mas para esse sistema dar certo, é preciso entrar de cabeça em uma nova mentalidade.

As empresas agora necessitam desenvolver uma liderança que esteja aberta a testar novas possibilidades de comunicação e colaboração. Também é indispensável oferecer às equipes condições tecnológicas para que trabalhem com eficiência em diferentes lugares. Por isso, vale destacar: mais do que nunca a gestão será peça fundamental para organizar esses novos modelos de trabalho.

Conte pra gente, deixe aqui nos comentários: qual o modelo de trabalho que a sua empresa está adotando?

Buscando empreender? Estes 3 negócios são tendência para 2021!

Mesmo durante a pandemia do coronavírus, você sabia que o Ministério da Economia registrou a abertura de 782 mil novos negócios? Se você está buscando abrir sua marca, está na hora de começar analisar, planejar e colocar em prática. E se está na dúvida no que investir, a Merkator separou 3 ideias de negócios para inspirar você. 

E-commerce 

Sem dúvida, a pandemia fez o e-commerce entrar em uma alta exponencial em 2020. Um negócio que já era tendência e que, definitivamente, se consolidou no ano passado. Até setembro, esse segmento já tinha batido a marca de R$ 41,92 bilhões. Ou seja, as pessoas estão confiando e investindo cada vez mais. 

Produtos artesanais 

A exclusividade e a naturalidade têm se destacado cada vez mais aos olhos dos consumidores. Os clientes estão mais conscientes, buscando marcas com propósito que não agridam o meio ambiente e com apelo handmade. Isso vale para cosméticos, roupas, produtos vegetarianos/veganos, entre outros. 

Games para mobile 

Há muito tempo o entretenimento e trabalho podem ser feitos pelo smartphone. E em 2020 o mercado de games para celular faturou R$ 851 bilhões, segundo a Newszoo. Muitos smartphones possuem configuração superior a computadores e com preços acessíveis, o que impulsiona ainda mais o segmento para novos empreendedores.  

Cuidado pessoal precisa ser um ritual!

Provavelmente você vem escutando cada vez mais a palavra skincare, um cuidado essencial popularizado hoje em dia pelos influenciadores. Mas agora, para além do rosto, os consumidores estão em busca de cuidados com mãos e pés também.

A tendência pesquisada pelo WGSN aponta que as pessoas estão cuidando

minuciosamente e em tempo integral desses dois extremos, com tratamentos noturnos com aromas relaxantes para ajudar a dormir e acalmar a mente. Isso, principalmente, por conta do coronavírus, que tornou em necessidade essencial a higienização e hidratação constante dessas partes.

Ou seja, cada vez mais há procura por produtos com efeitos terapêuticos e imersivos, ganhando destaque até 2023. Matérias-primas como camomila, lavanda, cogumelos, óleos naturais em geral serão o foco a partir de agora do público.

E o seu ponto de venda, encanta o cliente?

Isto pode passar despercebido muitas vezes, mas pensar e repensar o PDV (ponto de venda) é essencial. Inovar, criar novas experiências e o principal: saber se o cliente está se sentindo bem no seu espaço. Muitas vezes um cliente vem e não volta por não se sentir acolhido ou mesmo não curtir a proposta do ambiente, isto é normal. Mas quando um consumidor antigo vai embora, é o momento de alerta.

Ficar anos fazendo da mesma maneira, com o mesmo espaço ou apenas replicando os outros pode fazer com que os clientes não se identifiquem mais. Por isso, trazer novidades e estar sempre conectado às novas tendências fará você renovar-se mais vezes e manter-se fresh. É importante olhar internamente, mas sem o externo você pode se perder.

A sua loja é a cara do seu negócio. Quanto mais ele tiver características interessantes, com decoração bacana e uma proposta envolvente, mais popular ele será e, consequentemente, vai fidelizar mais clientes. Já está com novos olhares sobre o seu lugar? Um parceiro para pensar junto funciona bastante!

O poder das cores para atravessar a pandemia

A pandemia do COVID-19 mostra um cenário inédito, inimaginável há 6 meses. Neste período em que viver está sendo um aprendizado diário, com muitas dúvidas e incertezas, é preciso se agarrar em alguma cura ou modo de se sentir melhor. Aí entra o poder das cores. Segundo o WGSN, nos próximos anos as colorações terão uma grande relevância para ajudar as pessoas a se curarem fisicamente e emocionalmente. Elas devem auxiliar as pessoas a também lidarem melhor com sentimentos conflituosos.

A pesquisa das cores de beleza desta estação traz os elementos sensoriais, como o gosto, toque, cheiro e visão, como maior inspiração. A paleta se divide em dois temas:

Natureza Realçada com tons que podem alegrar o humor, energizando corpo e mente com cores terapêuticas.

Já a paleta Prazeres do Cotidiano foca em tonalidades elementares e calmantes com um apelo mais equilibrado e protetor.

Os eventos pós-pandemia: a tecnologia é aliada fundamental

Pensar muito a frente neste momento é trabalhar com previsibilidade, mas certamente é notório que algumas transformações serão profundas na interação durante os eventos. E, uma aliada que será fundamental, é a tecnologia. Será essencial adotar medidas de segurança e saúde nestes encontros.

Uma das ações mais importantes para as feiras no pós-pandemia é o monitoramento de multidões em tempo real. Criar processos com o auxílio da tecnologia para identificar e verificar os participantes, através de pulseiras, aplicativos de mapa de calor em locais mais movimentados que assegurem a saúde e proteção de quem está no evento. Cada vez mais vamos precisar estar atentos e de olhos bem abertos.

O que vocês acham? Sabem mais métodos de segurança nos eventos pós-COVID para discutir?

2 tendências para o futuro dos eventos

Tendência é uma coisa que a Merkator entende. Estas duas ideias para o futuro dos eventos vão ganhar cada vez mais visibilidade. 2020 é um ano que ficará marcado por ser a abertura de caminhos para inovações no segmento. Os eventos devem ficar mais plurais e diversos em todo o mundo.

Adicione vozes diferentes ao seu evento
Nossa sociedade está em um momento importante em que conta com ideias diferentes a serem debatidas. As pessoas querem ouvir vozes distintas para descobrirem seu ponto de vista. Leve ao palco do seu evento diversidade para despertar novas opiniões.

Versatilidade e multifuncionalidades
Cada aspecto do evento deve provocar alguma sensação aos participantes. Formate um evento versátil, com diversas pautas para discussão e com experiências multifuncionais interativas, que sejam digitais ou analógicas. Utilize de materiais e mídias envolventes para oferecer o máximo.