Fidelizar o cliente passa por um bom relacionamento

Em um mercado tão dinâmico, o consumidor busca uma experiência única. As opções são múltiplas e se a sua empresa não atender as expectativas do cliente, logo será trocada pela concorrência. Por isso, desenvolver um bom relacionamento é um diferencial: o atendimento precisa ser rápido e focado em soluções.

Uma das sugestões de ouro: interaja com as pessoas da forma como elas preferem. O Google aplica essa regra que pode servir como inspiração para o seu negócio também: se o cliente entra em contato por e-mail, é respondido por e-mail; se entra em contato pelas redes sociais, é respondido pelas redes sociais. Assim você trata o consumidor da forma que ele espera, respeitando as particularidades de cada um.

Esse vínculo fideliza o cliente, afinal, estar em conexão permanente também é uma forma de encantar.

Descentralizar a gestão gera resultados

Delegar poder sobre a gestão de empresas não é uma ação simples. No entanto, o medo de atribuir responsabilidades para sua equipe pode atrapalhar os resultados. Se você está com dificuldades para distribuir tarefas, a #Merkator te dá 4 dicas de onde começar:

Envolva sua equipe
Envolva nas discussões todas as pessoas que serão impactadas pela decisão, essa atitude deixa sua equipe com um sentimento de pertencimento.

Valorize a diversidade
Valorize as experiências e competências dos seus funcionários, descubra o que eles têm em comum e o que pode estimular a participação colaborativa.

Menos crítica, mais mente aberta
Evite críticas antecipadas antes de ouvir uma ideia, abra mão de defender só o seu ponto de vista. O processo de escuta é fundamental: ouça cada proposta com o foco nas contribuições que elas possam trazer.

Evite conflitos
Tente minimizar os antagonismos, crie um ambiente que estimule o convívio, isso aumenta a confiança das pessoas.

Tempos desafiadores, novas oportunidades

Um levantamento do Sebrae trouxe uma notícia otimista para a economia: foram os pequenos negócios que sustentaram a geração de empregos em 2020. As micro e pequenas empresas brasileiras foram responsáveis por manter os postos de trabalho perdidos durante a pandemia, criando mais de 293 mil novas vagas.

Tempos desafiadores impulsionam novas oportunidades. Para quem está pensando em abrir uma empresa e contribuir para o desenvolvimento da nossa economia, investir em uma franquia pode ser uma boa opção. Ser proprietário de uma unidade com marca já reconhecida no mercado, ter o apoio da franqueadora, ter um negócio que já foi testado e deu certo sem precisar fazer uma formatação toda do zero, são algumas das vantagens.

Faça uma análise do mercado, converse com outros franqueados e opte pelo segmento com o qual você tenha mais afinidade na hora de escolher a franquia. Pesquise, planeje boas oportunidades e tenha sucesso.

5 dicas para preparar uma estratégia de negócios

Preparar uma estratégia de negócios é fundamental para garantir que a empresa alcance seus objetivos. É comum que só se pense nisso quando o seu negócio está passando por alguma turbulência, mas esse tipo de planejamento serve para todos os momentos, inclusive em processos de crescimento. Se você está com dificuldades para elaborar um plano, a #Merkator te dá 5 dicas de onde começar:

Faça um diagnóstico
Quais são os obstáculos que travam o crescimento da sua empresa atualmente? Quais objetivos deseja alcançar?

Realize uma gestão financeira
Gerir as contas de forma eficaz é um dos primeiros passos. O planejamento financeiro é fundamental para projetar investimentos.

Foque na sua persona
Estudar o comportamento do seu público-alvo é importante para entender o que ele precisa.

Expanda a sua rede de contatos
Estabelecer uma rede de parceiros estimula a troca de ideias e constrói novas possibilidades de negócio.

Valorize e qualifique a sua equipe
O sucesso de uma companhia depende do trabalho em equipe. Qualificar o seu time e investir em um bom clima organizacional faz a diferença.

3 dicas para organizar as finanças do seu negócio

A organização financeira é o básico para um negócio. Mesmo assim, muitas marcas quebram pela falta de experiência ou conhecimento relacionado às finanças. É desafiador mesmo, mas todo mundo aprende. A Merkator separou 3 dicas para você começar a pensar melhor nesse assunto, investindo no conhecimento.  

Separar o físico do jurídico 

O primeiro passo é separar o que é pessoal do que é profissional. Se ambos se misturam, o fechamento no final do mês pode ser bem confuso. Ter o controle sobre cada um é essencial para não gerar problemas no futuro. 

Faça um planejamento

Quando se trata de dinheiro, ainda mais da empresa, planejamento é fundamental. É ele que mostra os recursos, até onde aplicar, quando precisa frear nos gastos, além de trazer segurança para o gestor. 

Aposte na consultoria 

Se você não tem tanta experiência nas finanças, mas quer aprender, contratar um consultor pode ser um passo bem interessante. Você aprende na prática, tendo um profissional experiente analisando a saúde da sua empresa. 

4 dicas para você melhorar as redes sociais do seu negócio

Quem ainda não notou a importância das redes sociais para a visibilidade do seu negócio, está ficando para trás. Elas proporcionam experiência, proximidade com a marca, além de trazerem resultados ótimos para a empresa. Se você ainda não sabe como começar, a Merkator separou 4 dicas bem legais para você dar o start!   

Crie uma persona

Materialize em palavras o seu público-alvo perfeito. A persona envolve como será a voz da sua rede social, quem vai ler, como vai ler e qual será o conteúdo. Enfim, é a condensação daquilo tudo que você imagina para sua marca digitalmente. 

Faça um planejamento

Rede social requer planejamento, pensar em ações relevantes, estruturar metas e acompanhar o crescimento, confirmar o que funciona e o que não funciona. Quanto mais estratégico for, melhor serão os resultados.

Mais qualidade, menos quantidade

Muitos pensam que boa presença é postar diariamente. Talvez sim para algumas marcas. Mas a qualidade sempre bate a quantidade. Quanto mais desenvolvido e profundo for o conteúdo, mais rica será a rede. Invés de encher a timeline do seu seguidor com postagens aleatórias, faça um post bem pensado e produzido. 

Conteúdo relevante 

Com planejamento e com a persona, o conteúdo precisa ser bem construído. Precisa gerar o interesse das pessoas e a vontade de compartilhar, curtir, comentar. Vale pesquisar muito, ver o que está em alta e ter referências. Esses três passos, juntos de uma boa redação e arte, garantem um ótimo post. 

Case inspirador: a Sagui traz uma visão mais sustentável do mundo

O óculos além de ser um elemento fundamental para quem tem problema de visão, é também uma peça fashion. E, para deixar ainda melhor, ela pode ter uma composição sustentável. A marca Sagui Óculos em uma parceria com o estúdio de design com foco na reciclagem, Ratoroi, criaram armações feitas a partir de tubos de pasta de dente e sacolas plásticas. 

O designer, Felipe Madeira, encontrou a oportunidade enquanto conferia o alto preço de acetatos importados para a fabricação dos óculos. A partir daí, teve a ideia de aliar design e sustentabilidade em produtos com propósito que suprem a necessidade de consumidores. Para realizar a armação, as duas matérias são transformadas em uma chapa, depois moldadas e cortadas. As peças são únicas porque o material cria cores e texturas aleatórias. São utilizados de 3 a 5 tubos de pasta de dente e uma sacola plástica descartados pela indústria. 

Essa ressignificação dos resíduos trouxe uma redução de 70% no custo de produção e gera 180 unidades por mês. Encontre seu nicho de mercado e inove! 

Os pequenos gestos fazem um grande atendimento

O atendimento é a veia pulsante do seu negócio. É o contato mais próximo da marca com o seu público. Por isso, torna-se um elemento bem importante no dia a dia. É necessário que a gestão esteja sempre atenta às técnicas, buscando melhorar a experiência de relacionamento do colaborador com o consumidor.

Pequenos gestos, desde perguntar como vai o dia até oferecer bebidas e comidas, de não deixar esperando até ser um ouvinte do cliente, fazem a diferença. Isso salta aos olhos deles e, quando bem atendido, faz com que ele volte.

Como está a sua pós-venda?

A pós-venda começa a partir do momento em que o cliente sai da loja. Prospectar e vender são etapas difíceis, mas manter o relacionamento e fazer ele voltar também é desafiador. E, justamente, é esse o momento decisivo para fidelizar a sua marca. Não basta apenas fazer aquele lobby inicial para logo partir para outra. Afinal, é muito mais caro conseguir um consumidor novo do que manter o atual. Sabia que 79% dos brasileiros deixaram de comprar em estabelecimentos por terem sido mal atendidos?

Por isso, deixar o contato aquecido por outras redes, como enviar novidades, conteúdos interessantes e proporcionar atenção certamente provocam o cliente a voltar a comprar com você. Mas não esqueça: é necessário também ter estratégia para essa etapa contínua. Não basta simplesmente enviar mensagem por WhatsApp, requer planejamento. 

Encante seu consumidor do início ao fim da experiência. Um cliente fidelizado é certeza de venda constante.

Buscando empreender? Estes 3 negócios são tendência para 2021!

Mesmo durante a pandemia do coronavírus, você sabia que o Ministério da Economia registrou a abertura de 782 mil novos negócios? Se você está buscando abrir sua marca, está na hora de começar analisar, planejar e colocar em prática. E se está na dúvida no que investir, a Merkator separou 3 ideias de negócios para inspirar você. 

E-commerce 

Sem dúvida, a pandemia fez o e-commerce entrar em uma alta exponencial em 2020. Um negócio que já era tendência e que, definitivamente, se consolidou no ano passado. Até setembro, esse segmento já tinha batido a marca de R$ 41,92 bilhões. Ou seja, as pessoas estão confiando e investindo cada vez mais. 

Produtos artesanais 

A exclusividade e a naturalidade têm se destacado cada vez mais aos olhos dos consumidores. Os clientes estão mais conscientes, buscando marcas com propósito que não agridam o meio ambiente e com apelo handmade. Isso vale para cosméticos, roupas, produtos vegetarianos/veganos, entre outros. 

Games para mobile 

Há muito tempo o entretenimento e trabalho podem ser feitos pelo smartphone. E em 2020 o mercado de games para celular faturou R$ 851 bilhões, segundo a Newszoo. Muitos smartphones possuem configuração superior a computadores e com preços acessíveis, o que impulsiona ainda mais o segmento para novos empreendedores.