Invista no bem-estar corporativo.

O bem-estar do funcionário impacta diretamente nos resultados da empresa. Um clima organizacional bem estruturado, que ofereça oportunidades de crescimento e um olhar cuidadoso para a qualidade de vida proporciona pessoas mais produtivas e mais felizes no trabalho.

Investir em programas de saúde mental, oferecendo ações práticas de bem-estar criam um ambiente mais saudável. Aposte também em pesquisas de satisfação e sugestões: abrir diálogo e demonstrar transparência traz mais segurança aos colaboradores para participarem dos processos. Um ambiente onde o funcionário se sente valorizado contribui para o desenvolvimento profissional e para o crescimento da empresa.

Você sabe como conduzir um feedback?

O feedback é uma das práticas mais utilizadas para comunicar resultados dentro das empresas. O retorno aos colaboradores é fundamental para o acompanhamento do trabalho e pode alavancar os resultados de uma equipe. No entanto, é preciso ser conduzido de maneira correta e respeitosa. A #Merkator indica 3 sugestões de como ele pode ser executado.

1. Prepare o ambiente
Para que você possa ter uma conversa tranquila e sem interrupções com o colaborador, organize um ambiente acolhedor para realizar o retorno.

2: Seja objetivo
Sem frieza, mas de modo prático, exponha os pontos positivos e a melhorar com clareza.

3: Fique atento à abordagem
Ao apontar algum ponto de melhoria, é importante também valorizar e ressaltar os pontos positivos de ações e atitudes.

O que achou dessas dicas? Conte aqui nos comentários!

Você já ouviu falar no empreendedorismo corporativo?

O empreendedorismo corporativo é o processo de empreender dentro da empresa na qual trabalha, gerando inovação, propondo melhorias nos processos, sugerindo soluções para maximizar os resultados.

Esse tipo de atuação é comum em profissionais que têm espírito criativo e inovador, com visão sistêmica, facilidade de comunicação e bom relacionamento interpessoal.

Você já identificou alguma liderança empreendedora na sua organização? Conta aqui pra gente, vamos trocar experiências!

Invista no processo de onboarding

O onboarding, processo de integração de um novo colaborador à equipe, cultura e organização da empresa, é uma tarefa muito importante. Construir essa prática envolve algumas etapas como orientação, supervisão, treinamento e acompanhamento.

Receber bem o novo funcionário, incluí-lo nas rotinas e prestar todo o suporte para engajá-lo na nova experiência contribui para um bom clima organizacional e reduz a rotatividade de pessoal.

E você, investe no processo de onboarding? Conta aqui pra gente como funciona a integração de novos funcionários na sua empresa!

Você já ouviu falar em felicidade corporativa?

Você já ouviu falar em felicidade corporativa? Com a pandemia esse tema ganhou força e nada mais é do que nutrir um ambiente de trabalho leve, que permita aos funcionários exercer suas melhores habilidades, sentindo que sua contribuição é importante para o atingimento de metas da empresa.

Aumento dos salários, promoções de cargos, bônus ou benefícios são importantes para a valorização do time, mas ter um espaço de fala, com programas de bem-estar e saúde mental são fundamentais para promover a felicidade corporativa.

É preciso que o colaborador se sinta pertencente ao grupo. A ideia é que a felicidade não venha apenas do que se recebe, mas também de como se sente. Está ligada ao sentimento de valorização e trabalho significativo. Investir em atividades de bem-estar apoiam o desenvolvimento da equipe.

Desenvolva as soft skills da sua equipe

Em um mercado tão competitivo, as empresas buscam cada vez mais a qualificação dos seus colaboradores para impulsionar resultados. No entanto, apenas competências técnicas não bastam. É aí que entram as chamadas soft skills. Elas são habilidades comportamentais relacionadas a maneira como o profissional lida com o outro e consigo mesmo. Quanto mais positivamente ele consegue tratar as situações ambientais e psicológicas, maiores são suas soft skills.

Se você é um empreendedor, empresário ou gestor de um time, vai precisar saber como desenvolver esse tipo de habilidade do seu time. Priorize uma boa comunicação baseada em feedbacks, incentive a colaboração entre os funcionários e saiba reconhecer potenciais: com essas práticas aplicadas em seu grupo, você garante o crescimento do seu negócio e da sua equipe.

4 dicas de ouro para aperfeiçoar a gestão da sua empresa

A gestão de um negócio é um desafio. Afinal, manter departamentos conectados e focados nas metas, estar sempre incentivando colaboradores, atento às mudanças mercadológicas e manter-se motivado demanda muita energia. Mas, se ama o que faz, isso se torna uma diversão.

Com essas 4 dicas infalíveis, você vai conseguir gerenciar melhor, organizando pensamentos nos devidos lugares. Imprima ou anote, mas deixe sempre por perto para nunca desviar os olhos desses conselhos de ouro!

* Comunicação interna:
Todos os processos se dão por conta dela. Quanto mais a comunicação for clara, direta e embasada, mais efetiva ela será, proporcionando um melhor direcionamento aos colaboradores e sintonia entre toda a equipe. É essencial que todos estejam na mesma página.

* Reforce processos:
Você consegue facilmente distinguir amadorismo do profissionalismo, basta observar os processos. Uma empresa profissional possui processos, no qual todos os colaboradores conhecem e naturalmente fazem fluir. Esse elemento essencial deixa o dia a dia mais fácil, otimizado e seguro.

* Independência:
Profissional que tem independência para realizar suas atividades, se sente muito mais motivado e livre. Fomente essa liberdade demonstrando confiança na equipe, dessa forma, você vai notar o crescimento do colaborador quando ele for solucionar problemas com mais criatividade e vigor. Confie!

* Renove-se:
Esteja sempre atento às transformações do mercado. Ele muda cada vez mais rápido e você precisa estar bem conectado para não ficar para trás. É um trabalho contínuo, mas que traz resultados para o seu negócio, mantendo ele ativo na competição.

Pessoas. Processos. Cultura. Os três pilares de um negócio

Evolução é a palavra-chave de toda empresa. É uma busca não só dos gestores, mas também da equipe que compõe o negócio. Porém, para esse movimento ser uma constante, pilares são necessários. Antes do seu lucro e do seu produto, você precisa focar em uma boa gestão para os resultados serem efetivos. E, a partir disso, você precisa estruturar muito bem:

* Pessoas: nada vai funcionar sem sua equipe. Tem uma ótima estratégia? Perfeito e quem vai executar? Criou etapas de atendimentos funcionais? Perfeito e quem fará? As pessoas são os aditivos mais importantes de qualquer empresa. Invista nelas, incentive elas e enxergue elas como a extensão física da marca.

* Processos: a partir das pessoas e dos cargos você desenha o circuito de processo. Quem planeja, quem executa, quem revisa, quem está na linha de frente, enfim, empresa sem processo desempenha com atraso e faz confusão na hora das entregas. Lembre: o processo é o ritmo do negócio.

* Cultura: com as pessoas e os processos, surge a cultura da empresa. Ela é descolada, ela é formal, as pessoas podem ouvir música, o time é muito próximo ou distante; representa o universo particular interno da empresa. Quanto mais leve a cultura, mais próspero os negócios.

Para evoluir, tenha em mente os seus pilares sempre!