Volume reduzido, desconto estratégico e atemporalidade: brand equity protegido

Nos últimos meses, algumas visões de mercado foram renovadas. Para manter os negócios saudáveis, os gestores optaram por estratégias possivelmente diferentes do que vinham fazendo para proteger o brand equity. Afinal, o valor agregado da marca é uma construção de anos e a percepção do consumidor sobre ele não pode mudar. Essas três ideias foram fundamentais e ajudaram as empresas!

* Volume reduzido: baixe a produção, mas não perca qualidade. Os clientes quando fidelizados, confiam 100% na marca, portanto desapontá-los com um produto inferior pode fazer você perder público.

* Desconto estratégico: grandes players como Zara e H&M utilizaram descontos curtos e estratégicos em novas coleções, o que levou a estoques esgotados, preços mantidos e aumento de vendas. Ação no momento certo e para o público certo trouxe bons frutos.

* Atemporalidade: como ninguém sabia ou sabe até quando vai a pandemia, as coleções de moda atemporal, como lingerie e sleepwear, se destacaram. O conforto foi decisivo para o público, sendo que as compras e os acessos on-line desses produtos cresceram em comparação ao ano passado.

Possibilidades surgiram com muito sensibilidade nos negócios e olhar atento.

Influenciadores, realmente, digitais

Certamente você segue muitos influencers digitais, mas você pode também seguir influenciadores que são, verdadeiramente, digitais. São avatares, hologramas ou bonecos animados que tratam de questões cotidianas assim como qualquer outro influencer, porém, são criados totalmente de maneira virtual.

Alguns já são muito famosos como Lil Maquena, Noonnoori, Vic Kalli, Shudu, Imma, Koffi com milhões de seguidores e já trabalharam com grandes grifes, além de realizarem ensaios fotográficos para revistas de comportamento. Essa é uma tendência que desde 2018 vem se fortificando, sendo que muitas marcas estão apostando em seus próprios influenciadores para divulgar seus produtos. Isso mostra o avanço da inteligência artificial, podendo imitar expressões, poses e atitudes humanas, e o interesse do público pelos robôs.

Quando ver algum, talvez nem consiga diferenciar. E você, segue um deles? O que acha dessas IAs?

Adaptar-se para ser híbrido

Este ano, certamente, a palavra adaptação é a definição perfeita para este momento. Mudanças, surpresas, aceleramento e descobertas estiveram presentes em cada passo. E, dentro da evolução de 2020, o hibridismo tornou-se uma excelente possibilidade no mercado de eventos. A Merkator aderiu totalmente essa forma híbrida de trabalhar no SICC 2020 e o resultado foi excelente.

Para este segmento, a mistura do elemento presencial com o on-line foi uma grande alternativa para o setor se manter, vide tantos eventos, congressos e feiras programados para o ano inteiro. Uma tendência que aos poucos estava surgindo e, agora, consolidou-se. Inúmeros eventos já adotaram esse método e obtiveram êxito na performance.

Criar um roteiro dinâmico, que explore estes dois aspectos de uma maneira inteligente, torna o acontecimento tão interessante quanto o físico. Basta conhecer o seu público e ser criativo. Vocês participaram de eventos híbridos nesta pandemia? Como foi?

Estas 3 empresas têm hábitos sustentáveis e vão inspirar você

O crescimento do seu negócio começa de dentro para fora. Um bom ambiente interno reflete positivamente no externo. E ser uma marca verde hoje traz excelentes frutos. Por isso, a Merkator separou 3 cases bem interessantes para inspirar você e mostrar que atitudes sustentáveis importam e mudam o comportamento dos clientes.

* Natura: a marca cria parcerias com produtores rurais para explorar e controlar com consciência riquezas naturais do país que fazem parte dos produtos, como castanha do Pará, erva doce, entre outros. E, através dessa estratégia, consegue gerar renda para os agricultores envolvidos, preserva a natureza e ainda repassa valor da proteção ambiental aos seus clientes.

* Nestlé: o negócio utiliza fontes renováveis de energia e neutralização de carbono para evitar a poluição, medidas implementadas pela marca no Brasil e no mundo. Assim, conquistou selos e um espaço como uma das empresas mais sustentáveis.

* Unilever: esta marca conseguiu misturar crescimento comercial e práticas sustentáveis. A empresa definiu em seu Plano Anual de Sustentabilidade, conscientizar mais de um bilhão de pessoas a tomarem iniciativas verdes para melhorar a saúde, e também focam muito na redução de gases do efeito estufa gerados pela produção das fábricas e nos processos produtivos.

É possível e lucrativo, basta planejamento. Na sua empresa, você já adotou ou está pensando em adotar medidas ecológicas?

Você está preparado para as novas organizações de trabalho?

Home office aqui, home office lá, home office em todos os lugares. Certamente nunca se falou tanto e em um período tão curto desse formato de trabalho. Mas a verdade é que as organizações mudaram e, provavelmente, a cultura de muitos negócios passarão por alterações. Momentos de crise servem para repensar posicionamentos e agir pelo bem da companhia. E essa é exatamente a situação.

Os formatos anteriores não necessariamente cairão em desuso, mas podem ficar de lado para que novas propostas ganhem espaço. O trabalho à distância, o investimento pesado em e-commerce e mídias sociais, além da preocupação constante da empresa com os clientes, sempre contanto para saber como estão e dando máximo suporte são ideias já bem estabelecidas. Já pensou que em alguns meses houve uma evolução comportamental no mercado?

Esteja aberto, abrace a inovação e descubra o que estes novos ventos podem acrescentar no seu negócio. Prepara-se, estude e mãos à obra!

eMerkator Push: informação e conteúdo relevante por e-mail

É tanta informação que chega a todo momento que se torna difícil acompanhar os movimentos do mercado. Por isso, para facilitar a sua leitura e te deixar por dentro do segmento, a Merkator compila os conteúdos mais importantes da indústria para atualizar você por e-mail.

Através do eMerkator Push você recebe newsletters com novidades e materiais para enriquecer seu repertório de conhecimento. Em poucos segundos você entra em nossa lista de e-mails e começará a receber as notificações.

Clique no link e inscreva-se: https://bit.ly/2QvIK6u

Produto excelente e comunicação incrível, você tem?

Você pode ter o melhor produto, mas se não for comunicado para o target certo e de maneira estratégica, não vai chamar público. Hoje em dia a atenção está focada nas redes sociais, as pessoas buscam o que desejam comprar a partir destas páginas e, para você conquistar aquele alvo que deseja, precisa produzir de acordo com isso.

Atualmente vivemos na era do cliente, ele tem o poder de decidir porque tem opções. O foco não mais precisa estar sobre o produto, mas sobre o consumidor. Identificar suas necessidades e para quem vende é essencial para vender. É simples! Criando uma comunicação eficiente e direta, você vai conseguir atingir quem precisa ser atingido e lucrar com isso.

Comunicar + target + produto = marca com visibilidade!

Comece a inovar seguindo estas 3 dicas!

Inovar é um verbo que todo gestor já falou ou já usou, mas o quanto realmente foi inovado? Pois entre falar e começar existe um abismo. Para você ter um norte e iniciar a busca por perspectivas novas, essas 3 dicas vão auxiliar bastante. Elas combinadas impulsionam qualquer negócio.

* Observação: o observador reconhece os movimentos ao redor e nota as mudanças. Essa característica ajuda a visualizar novas ideias e tendências de mercado que virão. Observando as oportunidades, você capta ideias para agregar no negócio e como renovar serviços, métodos e até produtos.

* Proatividade: inovar e inércia não coexistem. É preciso buscar, pesquisar, viajar e implementar para renovar-se. É essencial a proavitidade para, de fato, encontrar novas perspectivas e descobrir as possibilidades que sempre surgem na indústria. Ação e foco é o que impulsiona até a inovação.

* Arrisque: não existe inovação sem correr riscos. Esse é um processo de tentativa e erro, às vezes pode dar certo de primeira e às vezes não. O importante é estudar e implementar, porque o risco de agora pode se tornar em um grande acerto para o futuro.

A Merkator apoia a campanha Um Sapato Pelo Brasil

A união sempre fez e faz a força. E a indústria do calçado é um dos segmentos mais unidos que existem. Ontem, segunda-feira, a Abicalçados iniciou a campanha Um Sapato Pelo Brasil, uma ação extremamente importante para o mercado que busca fortificar essa economia e incentivar a divulgação coletiva das marcas.

Diversas ações digitais ocorrem no país inteiro esta semana. Seja para destacar os colaboradores que fazem o calçado brasileiro, descontos, compartilhamento de informação, enfim, é uma iniciativa empática que vai ajudar nesse momento global. E a Merkator apoia esse projeto incrível.

A Merkator enquanto produtora de feiras, sempre apoiou o segmento, reunindo mais de 2.500 marcas entre as feiras SICC, Zero Grau e 40 Graus, dando o espaço merecido para esses negócios. Apoie você também! Curta, comente, compartilhe em suas redes. Se todos participarem, mais força terá a retomada pós-pandemia da indústria.

Pessoas. Processos. Cultura. Os três pilares de um negócio

Evolução é a palavra-chave de toda empresa. É uma busca não só dos gestores, mas também da equipe que compõe o negócio. Porém, para esse movimento ser uma constante, pilares são necessários. Antes do seu lucro e do seu produto, você precisa focar em uma boa gestão para os resultados serem efetivos. E, a partir disso, você precisa estruturar muito bem:

* Pessoas: nada vai funcionar sem sua equipe. Tem uma ótima estratégia? Perfeito e quem vai executar? Criou etapas de atendimentos funcionais? Perfeito e quem fará? As pessoas são os aditivos mais importantes de qualquer empresa. Invista nelas, incentive elas e enxergue elas como a extensão física da marca.

* Processos: a partir das pessoas e dos cargos você desenha o circuito de processo. Quem planeja, quem executa, quem revisa, quem está na linha de frente, enfim, empresa sem processo desempenha com atraso e faz confusão na hora das entregas. Lembre: o processo é o ritmo do negócio.

* Cultura: com as pessoas e os processos, surge a cultura da empresa. Ela é descolada, ela é formal, as pessoas podem ouvir música, o time é muito próximo ou distante; representa o universo particular interno da empresa. Quanto mais leve a cultura, mais próspero os negócios.

Para evoluir, tenha em mente os seus pilares sempre!