5 motivos para aderir a gestão baseada em dados.

A gestão com base em dados têm sido utilizadas por diversas empresas com intuito de promover flexibilidade para mudanças e manter-se sempre atualizadas. Para um bom funcionamento é preciso um sistema que proporcione a coleta, monitoramento e análise dos dados. Sendo assim, as decisões tomadas serão baseadas em dados confiáveis e relevantes que tornarão as ações mais efetivas. Confira alguns dos benefícios que a gestão baseada em dados pode trazer para sua empresa.

Visão do desenvolvimento da empresa:

O gerenciamento de dados permite um acesso mais rápido e preciso.

 

Produtividade:

Com informações concretas, a empresa pode desenvolver estratégias que aumentem a produção.

 

Custos reduzidos e lucratividade:

Uma visão ampla das finanças permite vislumbrar oportunidades de evitar desperdícios.

 

Prevenção:

Monitoramento constante permite detectar falhas antes que prejudiquem o negócio.

Agilidade:

Informações de qualidade ajudam a tomar decisões.

 

Ao obter dados confiáveis, os gestores conseguem compreender a situação real da empresa, aumentando as possibilidades de êxito em suas ações.

 

Phygital: inovação que transforma a experiência do consumidor.

Você já ouviu falar em Phygital? Essa tendência tem ganho cada vez mais espaço e reúne o universo físico e o digital na experiência do cliente, com intuito de torná-la mais atrativa e satisfatória. Neste modelo, é fundamental desenvolver engajamento em diversas plataformas, pois assim a marca se fará presente em todos os locais possíveis, alcançando novos consumidores e atendendo às novas necessidades dos antigos clientes.

 

Outro ponto importante, é conhecer de fatos essas demandas. O cliente que entra em contato, espera um atendimento ágil e eficaz, contanto que o varejista já conheça seu comportamento de compra.

 

O phygital veio para ficar. Por isso, é tão importante elaborar ações que combinem os dois mundos e proporcionem muito mais possibilidades. É preciso ser criativo para inovar nas ações presenciais e, claro, proporcionar essa junção com o ambiente digital para se adequar a nova forma de consumo do cliente. Você já conhecia essa tendência?

Empreendedorismo em 2022: veja quais são as principais tendências.

O comércio digital segue em constante expansão, mas a concorrência nesse meio está cada vez maior. Portanto, é essencial acompanhar o que está acontecendo nesse segmento. Para 2022 algumas das principais tendências no comércio eletrônico são o live commerce (venda em lives nas redes sociais e plataformas) e as experiências em 3D (como os provadores virtuais).

 Além disso, o home office deve seguir, diversas empresas adotaram de vez esse sistema. Empreendedores focados em criação de conteúdo para as redes sociais. Outra tendência, é a sustentabilidade, a preocupação com o meio ambiente teve uma grande crescente, abrindo espaço para os produtos artesanais, desde alimentos a produtos de beleza.

#Merkator

Eventos híbridos: a bola da vez!

O aumento dos casos de Covid-19 mexeu novamente nas estruturas de produção em todo o mundo no final de 2021 e com impactos imediatos nos eventos no começo de 2022. Diante da nova realidade, mais uma vez as marcas se veem dependentes do formato virtual para tocar seus negócios. No entanto, não se pode mais colocar o presencial e o virtual como duas categorias  separadas, independente da situação da pandemia.

 

Esses dois universos se fundiram na vida das pessoas, a única maneira de permanecer no controle de toda essa situação é misturar de fato mesclar as experiências virtuais e físicas em experiências híbridas. Além de proteger contra imprevistos, essa nova  abordagem traz inúmeros benefícios e oportunidades como, por exemplo, um público mais amplo e mais conteúdo por um custo menor. Afinal, a virtualização é a nova era do digital.

 

#Merkator

 

As principais tendências para o mercado de eventos em 2022.

A pandemia da Covid-19 trouxe uma série de desafios para o mercado de eventos. Em meio ao lockdown e às indefinições em torno da vacinação, foi um dos setores mais  afetados. Porém, o ano de 2022 traz um novo cenário com boas perspectivas. Separamos para você as principais tendências  em 2022. Confira!

  • O evento online segue forte:

Não como substituto, ao contrário, ele agrega à experiência física, tornando-a ainda mais completa.

  • Eventos híbridos: a bola da vez.

Esse formato reúne o melhor dos dois mundos e permite alcançar um maior número de pessoas.

  • Eventos presenciais: protagonistas em 2022.

Esse ano será marcado pelo retorno das ações presenciais, sempre respeitando os protocolos de segurança.

  • Protocolos de saúde continuam essenciais em 2022:

Respeitar o limite de pessoas do espaço (adequado), o uso de máscara e álcool gel são fundamentais.

  • Sustentabilidade:

É preciso pensar no impacto que sua empresa/evento irá gerar no mundo e na vida das pessoas.

 

#Merkator

Invista em sua loja virtual e aumente suas vendas.

Um dos maiores aliados das marcas, com certeza, é o e-commerce. Uma boa alternativa para quem não quer investir em espaço físico no momento ou até mesmo  para quem quer proporcionar mais  opções ao cliente que facilitem sua vida. Mas é preciso elaborar estratégias para  uma loja virtual. Como, por exemplo, um  site que servirá como um  “cartão de visitas” para sua empresa.

 

O design além de harmônico, precisa ser intuitivo para facilitar a compreensão de quem acessa para visualizar coleções, fazer compras ou entrar em contato. Além disso, um e-commerce com design que conversa com o propósito de sua marca gera ótimos resultados para sua empresa.

 

#Merkator

Gerenciamento de crise na prática: o que você precisa saber.

Um momento inesperado e atípico em sua empresa requer uma postura diferente. Portanto, é necessário mergulhar de cabeça para que você consiga ter ideias criativas e inovadoras para obter as soluções para tais questões. Provavelmente não há uma única resposta ou uma espécie de fórmula mágica, mas existem algumas perguntas que podem servir como base para encontrar o caminho que você procura:

 

  • Quem é o porta-voz da empresa e ele está preparado para lidar com a situação?
  • Você tem um bom plano estratégico?
  • Você tem uma equipe preparada e engajada?
  • Conseguiu identificar o foco do problema para o seu negócio?
  • Você está preparado para lidar com feedbacks negativos?

.

Lembre-se: É preciso uma imersão nos problemas para descobrir uma forma de retomar o fôlego e seguir em frente. As crises são passageiras, mas os processos e estratégias permanecem.

 

#Merkator