O quanto você evoluiu em 2020?

Último dia do ano e um balanço sobre ele. Afinal, ninguém imaginava que 2020 seria desse jeito. Este ano com toda a certeza mudou os planos, sonhos e ideias de tantas pessoas. E, inusitadamente, todos precisaram se adaptar a ele. Desde as formas de trabalho até os eventos. O quanto você evoluiu? Porque a #Merkator se renovou totalmente.

Com resiliência e jogo de cintura, a Merkator contornou os desafios, realizou feiras transformadores e protagonizou a inovação. Mesmo com os perrengues, encontramos as soluções, algo que gera muito orgulho. No final das contas, agradecer e olhar o lado positivo é essencial. A Merkator espera que você tenha essa percepção também. E que os planos não realizados de 2020, sejam conquistados em 2021.

Feliz Ano Novo. Feliz novo ciclo. Feliz novo início!

Para qualquer decisão, analise primeiro

Um negócio é feito de diversas tomadas de decisões, algumas excelentes, outras nem tanto. Por isso, é essencial que antes de qualquer movimento decisivo, seja realizado análises profundas para não comprometer a marca. Quanto mais certeiras elas são, mais a empresa se beneficia, mesmo em cenários instáveis.

Antes de qualquer decisão, pergunte-se e analise esses panoramas: coletei informações o suficiente? O que minha concorrência fez a respeito? Isso está de acordo com meu propósito? A longo prazo, como me afeta? Como os clientes vão perceber a marca?

Assim você vai se sentir mais preparado e determinado. Tenha em mente: o olhar estratégico é sempre fundamental.

Deixe o amor ultrapassar todas as barreiras hoje. Feliz Natal!

Este ano foi uma maratona de 365 dias, onde o relógio em alguns momentos não passava e em outros, passava rápido demais. Teve desafios gigantes e muitos recomeços. Mas isso tudo para mostrar o que realmente importa: o amor. Houve muita saudade, algumas que ficarão para sempre, outras que o simples encontro virtual deu jeito. Por isso, nessa noite de Natal, deixe o amor ultrapassar todas as barreiras. Quem ama de verdade, vai sentir isso emanando.

Feliz Natal. O desejo da #Merkator é que todos estejam felizes, sempre!

Quem faz brainstorm sabe solucionar problemas

No cotidiano afobado e com pouco tempo, nem sempre é possível parar para trocar ideias, sendo que é justamente disso que as marcas precisam. E a criatividade é um fator essencial para realizar a gestão no negócio, afinal, é necessário respirar novas ações e insights.

Para aprimorar o relacionamento interno em busca da inovação e solucionar os problemas, o brainstorm é uma ferramenta criativa que promove a união da equipe, o desenvolvimento de novas ideias e o despertar crítico. Afinal, está todo mundo contribuindo com sugestões, dos mais variados tipos, para resolver criativamente questões da empresa ou clientes. Tente na sua empresa: junte a equipe e comece a anotar as ideias que sair. Não tem certo ou errado, apenas pontos de vista. E depois vão escolhendo as melhores para traçar o planejamento.

Essa prática, quando se torna um hábito, traz resultados incríveis porque provoca o time, colocando todo mundo na mesma página e no centro das discussões.

Tudo pode ser reaproveitado e nada se perde

Mesmo sendo uma das indústrias mais fortes do planeta, que mais emprega, ainda tem um caminho para percorrer em busca de aprender sobre o meio ambiente. Para mudar os impactos negativos, existem alguns métodos eficazes e sustentáveis de consumo. Um deles é a moda circular que se baseia na circulação consciente de uma peça. Ou seja, existe um circuito inteligente onde o produto é feito, utilizado e reutilizado.

Sabia que 90% das peças do vestuário, calçados e acessórios podem ser reciclados? Porém, apenas 15% dessa fatia passa realmente pela reciclagem. A marca criar uma dinâmica próxima do cliente, recebendo peças antigas e reutilizando para desenvolver novas com base na mesma matéria, é um passo inovador para o mercado. Isso gera confiança, proximidade, transparência, além de abrir margem para ações incríveis.

Se toda a cadeia contribuir, dos fornecedores até a hora da venda, a sociedade estará mais próxima de um mundo consciente e empático.

Atenção: 10 dias para o Natal. Estratégias prontas?

O Natal é uma grande época para as vendas. E, depois desse ano tão desafiador, é preciso traçar uma estratégia bem focada para o varejo terminar 2020 com brilho. Insira no seu planejamento criatividade, afinal, essa é a chave para encontrar soluções.

Conte histórias natalinas através da venda, pense nas experiências, físicas e digitais, que as pessoas amam e invista em uma estratégia envolvente que ultrapasse o desconto habitual. A COVID19 mostrou o significado das coisas e o real valor do consumo. Ou seja, muitas mentes mudaram e o seu cliente quer comprar algo que faça sentido, que toque seu coração. Então, vai um lembrete: no Natal, emocione e surpreenda sempre. A pulguinha atrás da orelha compensa!

Onde há união, há resultados

Com uma equipe unida, fica muito mais fácil alcançar os objetivos. Afinal, o entrosamento do time é fundamental no dia a dia, visto que se passa muito tempo junto, no mesmo espaço, trabalhando pelo mesmo propósito. Por isso, buscar a união dos colaboradores é um excelente investimento. Apostar em dinâmicas, atividades colaborativas e na troca entre os colegas, traz uma energia nova para o trabalho.

Lembre-se que é preciso estar confortável e motivado para entregar bons resultados. Gerando um movimento interno para afinar as pessoas, certamente os objetivos serão mais fáceis de serem alcançados em grupo.

Datas comemorativas: mais do que vender, experienciar

Sem dúvida, o varejo sempre se beneficia com datas comemorativas como o Natal, páscoa, entre outras. No entanto, muito mais do que cards nas redes sociais ou simples ofertas, é bacana criar experiências para cada data. Ir além dos 10, 30 ou 50% de desconto que podem ser dados aos consumidores.

Desenvolva ações de engajamento interessantes nas redes sociais, faça uma dinâmica híbrida entre digital e loja física, crie vitrines interativas ou que proporcionem uma experiência imersiva, repense a disposição dos produtos na loja e o atendimento dos vendedores, ou seja, crie uma estratégia envolvente que não foque apenas na venda momentânea, mas que permaneça na mente do seu cliente. Ele vai lembrar disso e retornar ao seu estabelecimento.

É preciso existir um laço de afeto entre consumidor – marca, e sempre deve ser reforçado.

4 perguntas que todo gestor deve se fazer

É desafiador gerir um negócio. E, às vezes, devido a pressão do dia a dia alguns elementos-chave da marca podem ser deixados de lado. Para evitar isso, a #Merkator separou 4 perguntas fundamentais que todo gestor deve se fazer. Seja para clarear as ideias ou mesmo reforçá-las.

Quais são meus concorrentes?

É essencial a identificação da concorrência. Afinal, é a partir dela que você pode se basear para melhorar a estratégia, desenvolver novos produtos e fazer uma entrega melhor para o público-alvo compartilhado. Se ainda não sabe, comece sua pesquisa de mercado imediatamente.

Minha equipe está motivada?

Time motivado é sinônimo de bons resultados. Crie estratégias internas que provoque seus colaboradores a se inspirarem e sempre melhorarem o trabalho. É uma via de mão dupla: você precisa deles e eles de você. Deixar essa relação leve, positiva e afinada é incrível para os negócios.

Devo pensar em realizar parcerias?

Colaborações entre marcas despertam a animação do público. Já conferiu o bate-papo entre a Netflix, Amazon Prime e Disney+ recentemente? Mesmo que exista competição, muitas vezes uma parceria pode trazer resultados incríveis e para todos os negócios envolvidos.

Minhas ações estão de acordo com meu propósito?

Propósito é o seu guia, é ele que define estratégia e coloca o negócio nos trilhos. Sempre tenha em mente se está agindo de acordo com ele e se suas ações estão bem alinhadas. Basta uma pitada de ansiedade para se perder, por isso, deixe sempre claro para todos no que a marca acredita!

Inovar é essencial. E os riscos fazem parte

A inovação é um elemento fundamental para qualquer negócio. Porque é esse aspecto que renova, mantém a marca ativa e competitiva no mercado. Só que gerar esse movimento traz riscos e eles são uma causa natural dessas ações inovadoras. Portanto, essas estratégias requerem uma excelente gestão empreendedora para contornar crises e deixar a empresa respirando.

O risco é o gás que motiva. Afinal, as fórmulas hoje em dia possuem data de validade e o público busca mudanças, propósitos e atividade. Quanto mais conceito e porquês seu negócio tiver, mais envolvente ele se torna aos olhos do consumidor. Então nunca esqueça: inovar é essencial e os riscos fazem parte. Abrace ambos e trace novos planejamentos.