Você já ouviu falar em felicidade corporativa?

Você já ouviu falar em felicidade corporativa? Com a pandemia esse tema ganhou força e nada mais é do que nutrir um ambiente de trabalho leve, que permita aos funcionários exercer suas melhores habilidades, sentindo que sua contribuição é importante para o atingimento de metas da empresa.

Aumento dos salários, promoções de cargos, bônus ou benefícios são importantes para a valorização do time, mas ter um espaço de fala, com programas de bem-estar e saúde mental são fundamentais para promover a felicidade corporativa.

É preciso que o colaborador se sinta pertencente ao grupo. A ideia é que a felicidade não venha apenas do que se recebe, mas também de como se sente. Está ligada ao sentimento de valorização e trabalho significativo. Investir em atividades de bem-estar apoiam o desenvolvimento da equipe.

Mais diversidade, mais inclusão

Diversidade e inclusão tornaram-se pautas essenciais e são temas demandados pela nova geração de consumidores. Investir em estratégias de marketing inclusivo, sem fugir do propósito da empresa, transmite uma imagem de empatia, progresso e contemporaneidade.

Em tempos de fácil acesso às informações, precisamos ter em mente que as pessoas estão cada vez mais conectadas e engajadas em dividir suas experiências de consumo. Por isso, avaliam melhor as suas escolhas e, por consequência, estimulam as empresas para a inovação e transformação social. Apostar em ações que desconstruam estereótipos ao apresentar corpos reais e fora do padrão midiático demonstra comprometimento e agrega admiradores para a sua marca.

5 dicas para organizar a sua loja virtual

A quarentena exigiu dos empreendedores ainda mais criatividade para minimizar os impactos econômicos e manter as vendas. Segundo a previsão da consultoria Ebit|Nielsen, o e-commerce brasileiro manterá um bom ritmo de expansão em 2021 e as vendas online devem crescer 26%, atingindo um faturamento de R$ 110 bilhões. Por isso, diante dessa tendência, é importante planejar a sua loja virtual e garantir o faturamento. A Merkator separou 5 dicas que vão te ajudar a organizar o seu comércio eletrônico.

1. Invista em um nicho de mercado
2. Tenha um site responsivo
3. Priorize um atendimento excelente
4. Entregue seu produto no prazo
5. Entenda como precificar seu produto

E lembre-se: se você quiser abrir a sua loja virtual, um dos pontos de mais atenção está na escolha da plataforma de e-commerce. Existem diversas opções disponíveis no mercado, com grande variedade de preços e possibilidades. Ter um comércio eletrônico é mais do que apenas criar um site, trata-se também de planejar a sua estrutura e o seu funcionamento.

Uma solução para colocar o seu negócio nos trilhos

A consultoria empresarial é uma solução que serve para qualquer tipo de negócio. Independente do porte da empresa, sempre existem pontos e oportunidades para evoluir na gestão.

Diagnosticar problemas, reestruturar processos, planejar um crescimento sustentável ou estudar a viabilidade de novos projetos são alguns dos serviços que uma consultoria pode oferecer para auxiliar o empreendedor a melhorar sua gestão. Busque uma orientação especializada para promover o desenvolvimento da sua empresa.

Desenvolva as soft skills da sua equipe

Em um mercado tão competitivo, as empresas buscam cada vez mais a qualificação dos seus colaboradores para impulsionar resultados. No entanto, apenas competências técnicas não bastam. É aí que entram as chamadas soft skills. Elas são habilidades comportamentais relacionadas a maneira como o profissional lida com o outro e consigo mesmo. Quanto mais positivamente ele consegue tratar as situações ambientais e psicológicas, maiores são suas soft skills.

Se você é um empreendedor, empresário ou gestor de um time, vai precisar saber como desenvolver esse tipo de habilidade do seu time. Priorize uma boa comunicação baseada em feedbacks, incentive a colaboração entre os funcionários e saiba reconhecer potenciais: com essas práticas aplicadas em seu grupo, você garante o crescimento do seu negócio e da sua equipe.

Quem não é visto, não é lembrado

A sua empresa pode ter o site mais bonito e usual, mas se ele não estiver bem posicionado nos mecanismos de busca, não será visto. Por isso é importante utilizar técnicas para colocar a sua página em posição de destaque nos buscadores usados pelos potenciais clientes. Se você ainda não investiu nisso, a Merkator te dá duas sugestões para que você se torne “encontrável”.

1. SEO (Seach Engine Optimization) é uma das formas de obter o máximo de visibilidade para o site em mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo. A técnica envolve a modificação de alguns aspectos técnicos, de conteúdo e de codificação do site da empresa, para que o usuário encontre o seu site antes do site da concorrência.

2. SEM (Search Engine Marketing) promove ações de marketing para vender por meio do Google, por exemplo. Estes anúncios são chamados de links patrocinados.

Ganhe visibilidade, torne-se “encontrável” e coloque seu negócio à frente.

A experiência de afeto conecta a sua marca ao seu público

Você já ouviu falar em “experiência de afeto”? Essa é uma tendência apontada pela NeoAssist para 2021 e trata-se de uma conexão afetiva entre marcas e consumidores. Esse direcionamento, que foi muito forte em 2020 em função da pandemia, segue neste ano. Muitas empresas têm utilizado suas mídias sociais para informar os consumidores sobre temas voltados para a saúde e bem-estar, ou até mesmo realizando ações sociais e ambientais, aproximando-se ainda mais do seu público, passando mensagens de empatia e acolhimento.

Cada vez mais os clientes desejam se relacionar com marcas que tenham visões parecidas com as suas, com valores que os representem. Conheça bem o seu público-alvo e invista em uma comunicação empática.

Transformar os conflitos em oportunidades

Em equipes, é natural que existam divergências. Uma gestão empresarial eficiente precisa lidar com esses conflitos, mediando impasses entre pessoas. A ideia é diminuir os impactos negativos e achar soluções propositivas para os problemas. Algumas medidas podem ajudar o gestor no papel de conciliador:

– Identificar as causas das situações conflitantes
– Apresentar-se como um ponto de equilíbrio, com capacidade de ouvir todos os lados
– Estimular o diálogo e sugerir a criação de propostas pensadas em conjunto

E claro que o trabalho do gestor não termina por aí. Após a mediação, é preciso colocar em prática as ações combinadas e acompanhar os desdobramentos. Que tal transformar esse momento em uma oportunidade para a empresa pensar no bem-estar dos seus funcionários, impulsionar a produtividade e oferecer qualificações para o seu time? Aproveite para fortalecer o seu negócio.

Como cuidar da saúde mental no home office?

O home office ainda é uma realidade para alguns profissionais, mesmo para aqueles que já estão em modelo híbrido. Passado quase um ano de pandemia, ainda é preciso estar atento para que a rotina de trabalhar em casa não afete a sua saúde mental. Para que você tenha um cotidiano mais agradável, que tal adotar algumas táticas? A Merkator separou algumas dicas que vão te ajudar.

Planeje suas tarefas
Antes de começar qualquer tarefa, planeje-se e organize as demandas por prioridade. Tire todas as suas dúvidas com gestores e colegas para dar encaminhamento às atividades e arregace as mangas com tudo em ordem.

Evite distrações
Em horário de trabalho, é importante manter o foco. Às vezes é difícil, mas procure se manter alheio aos barulhos de vizinhos, evite checar a todo instante o celular. Pode ser tentador assistir TV, mas não é o mais indicado porque pode atrapalhar a sua produtividade.

Aproveite a pausa do almoço
As pausas são importantes e servem como um respiro para a mente, um descanso. Mantenha em home office o mesmo horário de almoço que você tem no trabalho presencial, isso ajuda a organizar uma rotina estável.

Estabeleça horários e crie momentos seus
É importante que você estabeleça os horários de trabalho e respeite os de descanso. Crie momentos seus assim que encerrar o expediente: desligue seu laptop, ouça música, aproveite o tempo para colocar a leitura em dia, quem sabe até mesmo cozinhar algo que você goste. O importante é definir limites e dividir o que é “profissional” do que é “pessoal”.

Mantenha as relações mesmo à distância
Manter contato com os colegas de trabalho ajuda a diminuir a sensação de isolamento. Continue trocando ideias, inclusive a respeito de amenidades como séries e leituras, isso fortalece os seus laços de coleguismo.

Qual o modelo de liderança você exerce?

Se no passado um líder era associado a uma figura centralizadora e distante dos funcionários, atualmente esse modelo mudou. O gestor que busca a liderança é aquele que inspira, gerencia pessoas e suas personalidades, alguém que tem uma visão mais ampla dos negócios. Mais do que estar presente no cotidiano dos colaboradores, acompanhando as atividades e motivando equipes, a sua missão é influenciar pelo exemplo, comunicar e conectar.

O verdadeiro líder está preocupado com o quadro geral e focado no propósito do seu negócio. E você, já pensou no modelo de liderança que exerce?