O e-commerce mostra a sua força

Pesquisa feita pela Serasa Experian apontou que sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas online durante a pandemia. Desse total, 83% pretendem manter a realização dos negócios pela internet mesmo quando a pandemia acabar. Outro dado que chama atenção: dentre os canais mais utilizados para as vendas estão as redes sociais, principalmente o WhatsApp (72%).

A quarentena vem exigindo muita criatividade dos empreendedores, foi preciso rever as certezas e trilhar novos caminhos, com muito aprendizado em pouco tempo. Por isso, fique atento às novas demandas de e-commerce: priorize um atendimento de excelência ao cliente e preocupe-se em entregar o seu produto no prazo.

Hoje em dia, as vozes no online ficaram ainda mais amplificadas e atender o consumidor da melhor maneira possível constrói positivamente a reputação da sua empresa.

Invista no processo de onboarding

O onboarding, processo de integração de um novo colaborador à equipe, cultura e organização da empresa, é uma tarefa muito importante. Construir essa prática envolve algumas etapas como orientação, supervisão, treinamento e acompanhamento.

Receber bem o novo funcionário, incluí-lo nas rotinas e prestar todo o suporte para engajá-lo na nova experiência contribui para um bom clima organizacional e reduz a rotatividade de pessoal.

E você, investe no processo de onboarding? Conta aqui pra gente como funciona a integração de novos funcionários na sua empresa!

Monitore o desempenho para alcançar os melhores resultados

Uma empresa com indicadores de desempenho bem definidos consegue mensurar melhor as suas ações e até alcançar melhores resultados. Para isso, é preciso realizar um planejamento estratégico prático, com foco em resultados.

A dica é revisar suas despesas, analisar todos os seus processos e envolver a sua equipe para que juntos consigam alcançar maiores índices de lucratividade.

Com o monitoramento desses dados, a tomada de decisão e a criação de ações de melhoria da empresa ficam muito mais assertivas.

Responsabilidade social empresarial, uma contribuição com propósito

Você já ouviu falar em responsabilidade social empresarial? Esse conceito cada vez mais difundindo entre empresas de todos os setores e tamanhos trata-se de uma postura ética de retribuir e auxiliar no desenvolvimento da sua comunidade de forma sustentável. Para além dos seus produtos ou serviços, as companhias que adotam essa postura criam novas oportunidades que geram bem-estar e renda no seu entorno.

Uma empresa socialmente responsável implementa projetos para o bem-comum, e não apenas para o próprio bem ou para impulsionar única e exclusivamente o seu negócio. Ser socialmente responsável é fazer não só porque é obrigatório ou porque “fica bem” para a marca, mas sim por considerar uma ação relevante e com propósito.

E você, já pensou que essa pode ser uma realidade para o seu negócio? Conta aqui pra gente, vamos trocar experiências! #Merkator

Trabalho híbrido: uma tendência que veio para ficar

Passado mais de um ano de pandemia, o trabalho híbrido se apresenta como uma forte tendência no mundo corporativo. Esse modelo que alterna na semana entre dias no escritório e dias em home office tem se mostrado vantajoso para as empresas: o escritório físico pode ser agora em um espaço menor e mais barato, por exemplo. Mas para esse sistema dar certo, é preciso entrar de cabeça em uma nova mentalidade.

As empresas agora necessitam desenvolver uma liderança que esteja aberta a testar novas possibilidades de comunicação e colaboração. Também é indispensável oferecer às equipes condições tecnológicas para que trabalhem com eficiência em diferentes lugares. Por isso, vale destacar: mais do que nunca a gestão será peça fundamental para organizar esses novos modelos de trabalho.

Conte pra gente, deixe aqui nos comentários: qual o modelo de trabalho que a sua empresa está adotando?

Dicas de atitudes empreendedoras

Ser empreendedor envolve conhecimentos técnicos e adquiridos, mas não só isso: é preciso ser norteado por posturas e ter uma visão de quem busca soluções e oportunidades mesmo em um cenário de crise. Quer adotar atitudes empreendedoras na sua rotina? Então confira essas dicas que a Merkator separou para você. 

  1. Busque conhecimento
    Estude, atualize-se e esteja aberto para desenvolver novas habilidades.
  2. Desenvolva a liderança
    Identifique habilidades em seus colaboradores, conduza e desenvolva pessoas.
  3. Saiba identificar tendências
    Seja proativo e fique ligado no que está acontecendo no mercado.
  4. Seja curioso
    A curiosidade impulsiona o empreendedor a descobrir novas oportunidades, estimula a vontade de aprender e conhecer outras realidades a serem aplicadas no negócio.

    A atitude empreendedora pode ser o seu diferencial, tanto como idealizador de um novo negócio como colaborador de uma empresa. É uma mentalidade que pode ser desenvolvida e que impulsiona as chances de sucesso. Gostou das dicas? Deixe um comentário e compartilhe com os seus parceiros de negócio.

3 livros sobre estratégia que você precisa ler

Que tal ampliar os conhecimentos a partir da experiência de especialistas? A Merkator separou 3 sugestões de livros sobre estratégia para que você possa potencializar o seu negócio.

1: “Marketing 4.0 – Do tradicional ao digital”, de Philip Kotler
O livro ajuda a entender os caminhos do consumidor na era digital e como adotar um conjunto novo de métricas e práticas de marketing.

2: “A estratégia do Oceano Azul”, de W. Chan Kim e Renée Mauborgne
Propõe um novo modelo para elaborar estratégias, onde o foco não está em disputar com os atuais competidores, mas sim em criar novos mercados.

3: “Estratégia Competitiva – Técnicas Para Análise de Indústrias e da Concorrência”, de Michael Porter
Analisa a complexidade da competição na indústria e oferece uma nova perspectiva em relação a como o lucro é criado e dividido.

E se você tiver alguma outra indicação de leitura, conta aqui pra gente!