5 dicas para organizar a sua loja virtual

A quarentena exigiu dos empreendedores ainda mais criatividade para minimizar os impactos econômicos e manter as vendas. Segundo a previsão da consultoria Ebit|Nielsen, o e-commerce brasileiro manterá um bom ritmo de expansão em 2021 e as vendas online devem crescer 26%, atingindo um faturamento de R$ 110 bilhões. Por isso, diante dessa tendência, é importante planejar a sua loja virtual e garantir o faturamento. A Merkator separou 5 dicas que vão te ajudar a organizar o seu comércio eletrônico.

1. Invista em um nicho de mercado
2. Tenha um site responsivo
3. Priorize um atendimento excelente
4. Entregue seu produto no prazo
5. Entenda como precificar seu produto

E lembre-se: se você quiser abrir a sua loja virtual, um dos pontos de mais atenção está na escolha da plataforma de e-commerce. Existem diversas opções disponíveis no mercado, com grande variedade de preços e possibilidades. Ter um comércio eletrônico é mais do que apenas criar um site, trata-se também de planejar a sua estrutura e o seu funcionamento.

Quem não é visto, não é lembrado

A sua empresa pode ter o site mais bonito e usual, mas se ele não estiver bem posicionado nos mecanismos de busca, não será visto. Por isso é importante utilizar técnicas para colocar a sua página em posição de destaque nos buscadores usados pelos potenciais clientes. Se você ainda não investiu nisso, a Merkator te dá duas sugestões para que você se torne “encontrável”.

1. SEO (Seach Engine Optimization) é uma das formas de obter o máximo de visibilidade para o site em mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo. A técnica envolve a modificação de alguns aspectos técnicos, de conteúdo e de codificação do site da empresa, para que o usuário encontre o seu site antes do site da concorrência.

2. SEM (Search Engine Marketing) promove ações de marketing para vender por meio do Google, por exemplo. Estes anúncios são chamados de links patrocinados.

Ganhe visibilidade, torne-se “encontrável” e coloque seu negócio à frente.

Influenciadores, realmente, digitais

Certamente você segue muitos influencers digitais, mas você pode também seguir influenciadores que são, verdadeiramente, digitais. São avatares, hologramas ou bonecos animados que tratam de questões cotidianas assim como qualquer outro influencer, porém, são criados totalmente de maneira virtual.

Alguns já são muito famosos como Lil Maquena, Noonnoori, Vic Kalli, Shudu, Imma, Koffi com milhões de seguidores e já trabalharam com grandes grifes, além de realizarem ensaios fotográficos para revistas de comportamento. Essa é uma tendência que desde 2018 vem se fortificando, sendo que muitas marcas estão apostando em seus próprios influenciadores para divulgar seus produtos. Isso mostra o avanço da inteligência artificial, podendo imitar expressões, poses e atitudes humanas, e o interesse do público pelos robôs.

Quando ver algum, talvez nem consiga diferenciar. E você, segue um deles? O que acha dessas IAs?

Rede social: o trunfo de qualquer negócio

Este é um universo em que qualquer empresa pode explorar. Desde uma gigante da tecnologia como uma Apple até o mercado da sua rua. Entendendo a linguagem da rede e tendo ideias para ações, a rede social torna-se um trunfo para você vender e crescer.

A parte digital é um investimento que poucos empreendimentos têm. Existem muitos segmentos que ainda esnobam esse importante braço. É através das redes que você agrega novos consumidores, alcança visibilidade, pode falar sobre sua marca e está mais próximo do cliente.

Segundo dados do Hootsuite e We Are Social, existem hoje mais de 3,5 bilhões de usuários, representando 46% da população de todo o planeta. Certamente você encontrará seu nicho neste ecossistema!

Mas, calma: é importante planejar qual a melhor rede para investir. Por exemplo: você trabalha com fotografia, será que o Facebook ainda funciona? Você tem um perfil totalmente business, provavelmente o LinkedIn será a melhor opção. Se produz mais conteúdo em vídeo, será que o YouTube não é a sua plataforma? Coloque na balança seu produto/serviço e trace sua estratégia!

Mergulhe nas redes, encontre o melhor canal de comunicação e comece a planejar! #merkator