Volume reduzido, desconto estratégico e atemporalidade: brand equity protegido

Nos últimos meses, algumas visões de mercado foram renovadas. Para manter os negócios saudáveis, os gestores optaram por estratégias possivelmente diferentes do que vinham fazendo para proteger o brand equity. Afinal, o valor agregado da marca é uma construção de anos e a percepção do consumidor sobre ele não pode mudar. Essas três ideias foram fundamentais e ajudaram as empresas!

* Volume reduzido: baixe a produção, mas não perca qualidade. Os clientes quando fidelizados, confiam 100% na marca, portanto desapontá-los com um produto inferior pode fazer você perder público.

* Desconto estratégico: grandes players como Zara e H&M utilizaram descontos curtos e estratégicos em novas coleções, o que levou a estoques esgotados, preços mantidos e aumento de vendas. Ação no momento certo e para o público certo trouxe bons frutos.

* Atemporalidade: como ninguém sabia ou sabe até quando vai a pandemia, as coleções de moda atemporal, como lingerie e sleepwear, se destacaram. O conforto foi decisivo para o público, sendo que as compras e os acessos on-line desses produtos cresceram em comparação ao ano passado.

Possibilidades surgiram com muito sensibilidade nos negócios e olhar atento.

Um comentário em “Volume reduzido, desconto estratégico e atemporalidade: brand equity protegido”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *